Já imaginou analisar uma planilha e enxergar todos os números fora de foco? E não conseguir ler o que a professora escreve no quadro? Outro problema diz respeito à prática de esportes. Ter de forçar a vista para jogar aquela partida de futebol ou de vôlei com os amigos sem deixar passar a bola por debaixo do nariz. 

Essas atividades, tão importantes do dia a dia, tornam-se ainda mais difíceis se acompanhadas de desconforto e mal-estar pela baixa qualidade da visão. Dificuldades que muita gente enfrenta, sem saber como é possível superá-las. Em relação à escola, essa dificuldade pode significar desconforto para ler e copiar a matéria no quadro, o que pode, por consequência, diminuir o aprendizado. No que diz respeito ao trabalho, podem surgir muito cansaço visual e dor de cabeça após horas diante do computador.

Boa parte da população brasileira tem o que chamamos de “erros de refração”, que causa essa dificuldade e interfere na nitidez da imagem. Um deles é a miopia, que atinge milhões de pessoas. Esses problemas se caracterizam por defeitos na córnea, isto é, parte do olho responsável pela recepção da luz e pela formação do foco da imagem visual.

Sobre os erros de refração

Entenda mais detalhes sobre estes problemas oculares:

Miopia: é um erro de refração em que a pessoa vê objetos próximos com definição, e os distantes, ficam embaçados, sem nitidez. Ocorre quando o globo ocular é ligeiramente mais longo do que o normal ou quando a córnea se curva muito. A imagem visual é focada à frente da retina, deixando fora de foco a visão distante. Ou seja: a pessoa enxerga bem de perto e mal de longe.

Hipermetropia: é uma condição em que a pessoa pode, com esforço, ver objetos distantes de forma clara, mas de perto enxerga sem nitidez, embaçado. Ocorre quando o globo ocular é mais curto do que a média ou a córnea é muito plana. A imagem visual é focada atrás da retina. Quando o grau é muito alto em crianças, pode causar estrabismo.

Astigmatismo: é um erro de refração que provoca visão, em geral, embaçada. Ocorre quando a córnea se curva ou se achata de forma desigual. O resultado é o astigmatismo, que interrompe o foco de visão próxima e distante.

Presbiopia (vista cansada): é uma condição natural do envelhecimento do cristalino. A capacidade de focar objetos próximos diminui com o tempo em que o olho apresenta uma capacidade progressivamente diminuída para focar objetos próximos.

Correção dos problemas refrativos

Óculos e lentes de contato são ótimas soluções para os erros refrativos. Você pode receber sua receita, solicitá-los e dias depois recuperar a visão ótima ou próxima do ideal. Entretanto, algumas pessoas não se adaptam muito bem a essas duas opções. Por que isso pode acontecer:

Acidentes e perdas: os óculos podem se perder ou quebrar. Principalmente na prática de esportes. O mesmo pode se dar com as lentes, quando as pessoas se expõem em lugares com muito vento, na piscina ou no mar, sem retirá-las.

Limpeza: é preciso ter cuidado redobrado com a limpeza dos óculos e das lentes, que podem arranhar ou causar infecções, no caso das lentes de contato.

Praticar esportes: atividades que requerem muito esforço físico ou condições extremas pode ser ainda mais difícil, caso a pessoa utilize óculos e lentes de contato.

Cansaço visual: para quem trabalha no computador durante muitas horas, por exemplo, o uso de lentes pode causar muito desconforto visual.

Troca constante: sempre que o grau aumenta, é necessário trocar os óculos. Já as lentes, costumam ter data de validade, e é necessário substituí-las mesmo que o grau continue sem alteração.

Mas, para quem não consegue se adaptar aos óculos e às lentes ou acredita que os acessórios são obstáculos que prejudicam a qualidade de vida, talvez seja bom considerar a intervenção cirúrgica. A cirurgia refrativa é um procedimento a laser, eficaz e seguro, para corrigir miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia. As técnicas mais usadas são LASIK, PRK e Smile. Esses são recursos altamente adotados para a correção da córnea e fazem com que as imagens visuais sejam formadas com precisão.  

Benefícios da cirurgia refrativa

A cirurgia refrativa é um tratamento completo, com altas taxas de sucesso, e que pode reparar completamente os erros refrativos.

Hoje são utilizadas técnicas mais avançadas, precisas e seguras para remodelagem da córnea que corrigem os erros de refração que provocam a Miopia, a Hipermetropia, o Astigmatismo e a Presbiopia.

O método mais sofisticado de cirurgias refrativas a laser é a técnica SMILE. Realizada com a tecnologia FemtoSecond Zeiss VisuMax® o processo cirúrgico é altamente preciso, minimamente invasivo, o que possibilita uma recuperação ainda mais rápida.

O HOlhos é o centro de referência, pesquisa e treinamento exclusivo da fabricante alemã Zeiss em Minas. A Zeiss é – há mais de 170 anos – a maior referência mundial na produção de lentes e equipamentos ópticos.

Confira alguns benefícios da cirurgia refrativa:

Economia: além da mudança de grau e do vencimento das lentes, muitas pessoas perdem ou quebram seus óculos, o que pode onerar o seu orçamento. Quem tem seus problemas corrigidos normalmente para de investir em óculos ou em lentes de contato

Segurança, exatidão do procedimento:  a cirurgia refrativa é um procedimento que não requer internação, sendo a recuperação pós-operatória rápida, o que possibilita o breve retorno às atividades de rotina. O uso dos medicamentos no pós-operatório se dá por um curto período de tempo.

Independência: a prática de esportes, as idas à praia, os banhos de piscina, os passeios e as atividades ao ar livre voltam a ser possíveis com frequência, uma vez que não dependem dos óculos ou da busca por um lugar adequado e limpo para colocar ou retirar as lentes.

Maquiagem: muitas pessoas que usam óculos reclamam da dificuldade em aplicar maquiagem. Esse problema acaba depois da cirurgia refrativa, influindo positivamente até mesmo na autoestima das mulheres.

Procure uma instituição de excelência para fazer a cirurgia refrativa

Se você ou alguém da sua família decidir se submeter à cirurgia refrativa, garanta que o cirurgião oftalmologista e o local do procedimento sejam de extrema confiança. Já existem no Brasil vários equipamentos avançados que aumentam a segurança do processo.

Além disso, é importante que o oftalmologista defina qual é o melhor tipo de cirurgia para cada caso e se o estado de saúde geral da pessoa permite o tratamento. Isso só um profissional especializado e experiente poderá dizer.

O Hospital de Olhos Dr. Ricardo Guimarães é pioneiro em cirurgias refrativas no Brasil e referência mundial no tratamento de distúrbios da visão. Conte com a nossa equipe médica e infraestrutura moderna e equipada com o que há de mais avançado no mundo para o procedimento das cirurgias oculares.

Entre em contato conosco hoje mesmo e marque uma consulta!

Está com alguma dúvida? Envie sua pergunta para que possamos te ajudar.

Leia também

  • Neurovisão
    Síndrome de Irlen: um distúrbio no processamento visual
    Enjoos em viagens de carro, dores de cabeça muito fortes após esforços visuais prolongados e sensibilidade à luz.
    saiba mais
  • Cuidados
    Síndrome do Olho Seco: saiba como prevenir e tratar
    Olhos secos, vermelhos, ardendo e coçando nunca devem ser considerados como uma situação normal.
    saiba mais
  • Tratamentos
    Calázio ou terçol: entenda a diferença e como tratar
    Apesar dos sintomas parecidos, calázio e terçol são problemas oculares diferentes e exigem cuidado.
    saiba mais

Quer receber mais conteúdo? Assine!

Marque sua consulta!