Cirurgia Refrativa

SEGURANÇA E EXATIDÃO

A cirurgia refrativa a laser é indicada para tratar de casos de Miopia, Hipermetropia, Astigmatismo e Presbiopia. É um procedimento de alta segurança, exatidão e bons resultados. Na maioria dos casos, o paciente pode ganhar independência do uso de óculos e lentes, conquistando maior comodidade e qualidade de vida.

Tecnologicamente avançada, a cirurgia refrativa promove a remodelação da córnea e pode ser feita nos dois olhos no mesmo dia. A recuperação pós-operatória é rápida e não é necessária a oclusão dos olhos, possibilitando o rápido retorno às atividades de rotina. O uso dos medicamentos no pós-operatório é realizado por um curto período de tempo.

No Centro Cirúrgico do Hospital de Olhos Ricardo Guimarães, usamos a moderna tecnologia do “excimer laser”, que utiliza luz ultravioleta para remodelar suavemente a superfície da córnea, modificando sua curvatura e corrigindo os erros refrativos que provocam a Miopia, a Hipermetropia, o Astigmatismo e a Presbiopia.

Nossos médicos especialistas utilizam as técnicas Lasic ou PRK, ambas precisas e seguras. No Lasic, uma aba é aberta com o microceratomo na camada mais externa da córnea (epitélio) e então aplica-se o laser na camada mais interna. Finda a aplicação, a aba é reposicionada. Já a cirurgia PRK, que é indicada para pacientes cuja córnea não tem espessa ou curvatura adequadas para o Lasic.

Em ambos os casos, a operação é realizada sob anestesia feita com colírio. Para o paciente, toda a operação é praticamente indolor e os resultados são bastante confiáveis.

Saiba mais sobre Miopia, Hipermetropia, Astigmatismo e Presbiopia.

MIOPIA

CAUSAS

Basicamente hereditária, a miopia acontece quando a distância entre a parte frontal do olho e a retina é maior do que deveria ser. Isso interfere na refração dos raios luminosos dentro do globo ocular e faz com que o foco se forme antes da retina. As primeiras manifestações acontecem já na infância, tende a se agravar na juventude e a estabilizar na idade adulta.

SINTOMAS

Você não consegue ver coisas à distância: tudo parece desfocado, sem contornos definidos – nessa hora, você aperta os olhos para tentar o foco. À noite, as luzes “explodem” em bolas coloridas. Porém, consegue focar objetos minúsculos colocados bem próximos dos olhos.

ASTIGMATISMO

CAUSAS

O astigmatismo ocorre quando a córnea apresenta uma curvatura ovalada e não esférica, o que faz com que a luz que entra em seus olhos se fragmente e se distribua, ao invés de se concentrar em um único ponto focal, impedindo a perfeita visão. Esse distúrbio óptico pode afetar tanto adultos quanto crianças. Pode ser hereditário ou ocorrer em conjunto com a miopia e a hipermetropia. Alguns tipos mais brandos podem não apresentar sintomas, por isso é importante a visita ao oftalmologista.

SINTOMAS

Sua visão é desfocada ou distorcida tanto de longe quanto de perto. Você tem grande sensibilidade à luz, o que pode lhe causar dor de cabeça, fadiga e dor muscular ao redor dos olhos.

HIPERMETROPIA

CAUSAS

A hipermetropia ocorre quando a distância entre a parte frontal do olho e a retina é mais curta do que deveria ser. Dessa forma, o ponto focal da imagem é projetado para além da retina, o que faz com que as imagens fiquem turvas. Alterações no formato na córnea ou no cristalino podem contribuir com esse efeito. A hipermetropia é bastante comum, inclusive entre crianças, mas em muitas pessoas ela se manifesta de forma mais evidente depois dos 30 anos.

SINTOMAS

Você é o primeiro a ler a placa da estrada, e consegue ver objetos ao longe. Mas você precisa forçar a vista para ver de perto, como focar as letras de um livro. Isso lhe causa cansaço visual e até dores de cabeça.

Redimensionar fonte
Alto Contraste

Marque sua consulta