Neurovisão

 

O que é?

A Neurovisão é a ciência que estuda o processamento das informações captadas pelos nossos olhos. Os sinais luminosos do ambiente passam pela córnea e pelo cristalino e são projetados sobre a retina. Essas informações são transformadas em sinais eletroquímicos e são conduzidas pelo nervo ótico para as partes do cérebro que são responsáveis pela formação das imagens – e também para outras regiões do sistema nervoso central. Isso acontece em milésimos de segundo, o que nos dá a sensação de instantaneidade da visão.

Assim sendo, a boa visão depende tanto do funcionamento correto dos olhos (que podem ser comparados a um computador, com seus componentes e circuitos) quanto do processamento que ocorre no cérebro (que seria o software, ou o programa de visualização). A visão é uma habilidade cerebral abrangente, pois provê aproximadamente 70% de todas os inputs sensoriais para o cérebro, onde 32 áreas corticais relacionadas a visão processam informações relacionadas ao contraste, cor, movimento, direcionamento, texturas, tridimensionalidade, contextualização, memorização, entre outros.

A visão além dos olhos

Tradicionalmente, os oftalmologistas têm-se dedicado mais ao estudo e correção de doenças ou problemas que ocorrem nos olhos. A Neurovisão, por sua vez, estuda as condições neurossensoriais de condução dos estímulos fotoquímicos, os sistemas integrados corticais, redes neuronais e outros processos cerebrais e subcorticais envolvidos com a visão, além dos possíveis distúrbios nesse complexo sistema.

O Hospital de Olhos Dr. Ricardo Guimarães possui um departamento exclusivo de Neurovisão, coordenado pela Dra. Márcia Guimarães, que oferece tratamento para os distúrbios relacionados à Neurovisão. O Hospital de Olhos é também, em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), cofundador e mantenedor do Laboratório de Pesquisa Aplicada à Neurovisão (LAPAN). Conta ainda com a Fundação Hospital de Olhos, voltada para a disseminação de conhecimento sobre a Neurovisão, apoio a pesquisa e capacitação profissional para a triagem diagnóstica de distúrbios relacionados à Neurovisão.

Mais informações: www.fundacaoholhos.com.br ou www.lapan.com.br

 
Redimensionar fonte
Alto Contraste

Marque sua consulta