Manter uma boa saúde ocular deve fazer parte da vida de homens e mulheres, em qualquer idade. Cuidar do próprio corpo, conhecê-lo e respeitá-lo também. Desta vez, reforçamos que além dos cuidados com o autoexame, vamos nos dedicar à visão feminina.

Já que sabemos que as mulheres passam por diversas transformações o tempo todo, em todas as fases da vida: alterações hormonais, gravidez, menopausa, além da maior expectativa de vida. 

E ficar atenta a essas mudanças é fundamental, afinal, todas as alterações podem estar conectadas com o bom funcionamento do corpo. Em meio a um turbilhão de eventos que acontecem no corpo feminino, a visão sempre merece o seu destaque. 

Curiosidades da visão feminina

Que homens e mulheres têm organismos diferentes todo mundo sabe, certo? Mas que essa diferença também é destacada quando falamos do funcionamento dos olhos, isso acho que talvez você não saiba, não é?

Uma pesquisa conduzida por pesquisadores dos Estados Unidos, aponta que as mulheres têm mais facilidade em distinguir cores. Geralmente elas enxergam o mundo em cores mais quentes e podem enxergar em maior quantidade os tons de vermelho, por exemplo. Ou seja, a cor que simboliza o amor e a paixão é mais vibrante pelos olhos femininos. Legal isso, não é?

Mas, há outras diferenças que merecem atenção e cuidado!  De acordo com uma pesquisa divulgada em 2019, pela OMS, mulheres sofrem mais com alguns tipos de doenças oculares e com a cegueira do que os homens. 

As particularidades biológicas da mulher favorecem o desenvolvimento de algumas doenças. Mas nunca devemos esquecer que devem ser levados em consideração os fatores de risco e hereditariedade. Eles podem ser determinantes no desenvolvimento de algumas doenças.

Alterações hormonais e a saúde ocular

E por falar em desenvolvimento de doenças, por que as mulheres costumam ter mais problemas na visão? Um dos fatores é a expectativa de vida mais alta das mulheres. Com o envelhecimento natural, os olhos ficam mais suscetíveis às doenças como a catarata, DMRI e a Retinopatia Diabética. 

Outro fator, que é muito importante, são as alterações hormonais. A mulher passa por diversas transformações em seu corpo por toda a vida. E os olhos sentem esses impactos.

Alterações na gravidez – São quatro os principais problemas oculares que podem ocorrer durante a gravidez: olhos secos, visão embaçada, desdobramentos da pré-eclâmpsia e desdobramentos do diabetes gestacional. 

Essas doenças costumam aumentar a pressão arterial e podem trazer sequelas à visão. Entenda. 

Qualquer sintoma, como perda temporária de visão, visão embaçada, flashes e maior sensibilidade à luz merecem atenção. Elas podem ser um alerta para alguns problemas visuais, por exemplo, o aumento da pressão intraocular, que é a causa do glaucoma.

Também é comum o aumento de grau em mulheres que já apresentavam algum problema ocular, como a miopia, presbiopia, astigmatismo e hipermetropia. Isso acontece por mudanças, como diabetes gestacional e a hipertensão arterial.

É importante contar com um acompanhamento médico especializado durante os nove meses de gravidez para garantir a boa visão da mãe e a do bebê

mulher gravida saude

É importante contar com um acompanhamento médico especializado durante os nove meses de gravidez para garantir a boa visão da mãe e a do bebê

 

Alterações na menopausa – Durante a menopausa, as chances de desenvolver catarata aumentam. Isso acontece devido à interrupção de produção do hormônio estrogênio. Esse hormônio ajuda a bloquear a produção de uma proteína que causa a catarata. Um especialista pode prescrever reposições hormonais, para impedir o desenvolvimento da doença. 

A baixa produção do estrogênio e da testosterona pode provocar também a Síndrome do Olho Seco. Que diminui a produção de lágrimas e leva ao aumento de problemas visuais.

Atenção para problemas que não podem ser vistos

Outros problemas de saúde também podem levar ao desenvolvimento de problemas visuais. Hipertensão, pressão alta e doenças autoimunes, como artrite, reumatoide e esclerose múltipla, fazem parte da lista. 

Também é muito importante uma avaliação da visão, quando falamos de casos em que o paciente desenvolve doenças como o câncer. O câncer de mama por exemplo, pode causar metástase ocular. 

Doenças inflamatórias e relacionadas ao fluxo do sangue na região ocular, podem ser um alerta para um possível problema visual.

Não se esqueça que, diversos problemas visuais, podem ter fatores de risco que alternam de pessoa para pessoa.

Uma alimentação saudável e um estilo de vida equilibrado são sempre a melhor forma de cuidar bem da sua saúde ocular e saúde em geral. E lembre-se: consulte regularmente um oftalmologista. Ele poderá acompanhar a sua visão e também identificar se os seus olhos indicam algum sinal de alerta.

Cuide do seu corpo. Sinta o seu corpo! E nunca se esqueça que, se conhecer, pode te ajudar na prevenção de muitas coisas que acontecem no seu interior. 

Entre em contato com a equipe do HOlhos para cuidar muito bem da sua saúde.

Está com alguma dúvida? Envie sua pergunta para que possamos te ajudar.

Leia também

  • Cuidados
    Câncer de próstata e câncer nos olhos: qual a relação?
    Você sabia que o câncer de próstata pode causar metástase ocular? Entenda e tire suas dúvidas sobre o câncer nos olhos.
    saiba mais
  • Cuidados
    Hipertensão e retinopatia hipertensiva: o que é e como tratar
    A hipertensão pode causar sérios danos a sua Retina. Por isso deve-se sempre controlar a pressão arterial e fazer consultas regulares com o seu médico. Saiba mais nesse artigo. 
    saiba mais
  • Tratamentos
    5 motivos para você fazer cirurgia refrativa durante o isolamento social
    Na busca pela independência, a cirurgia refrativa é uma excelente opção. Nesse artigo, conheça 5 motivos para fazer a cirurgia refrativa durante o isolamento social. 
    saiba mais

Quer receber mais conteúdo? Assine!

Marque sua consulta!