Fim de ano combina com férias, praia, sol e mar. Para a maioria das pessoas, a época marca o início de uma temporada de descanso, perfeita para divertir e recarregar as energias.

Muitos esperam o ano inteiro por aquela sensação boa de estar diante do mar ou ao redor da piscina com a família e os amigos. E, para que aquele mergulho refrescante esteja garantido e a sua temporada de férias seja de pura diversão,  preparamos algumas dicas de cuidados, inclusive para quem usa óculos e lentes de contato. Boa leitura!

Evite contato direto dos olhos com a água do mar e da piscina

Tanto a água do mar quanto a da piscina podem estar contaminadas com bactérias causadoras de irritação e infecção ocular. Por isso, visando a garantir a alegria da sua viagem, é importante tomar alguns cuidados:

● Evite ficar com os olhos abertos debaixo d’água, seja no mar, seja na piscina;

● Se houver qualquer indicação de que a praia esteja imprópria para banho, não entre no mar;

● Se quiser abrir os olhos debaixo d’água, utilize óculos apropriados para a prática de esportes aquáticos;

● Espere no mínimo duas horas antes de entrar em uma piscina higienizada com cloro.

Redobre os cuidados com a higiene das lentes de contato

Mar e piscina para quem usa lentes de contato podem ser sinônimo de infecção ocular. Por essa razão, é importante redobrar os cuidados com a higiene das lentes durante as viagens de verão a fim de evitar contaminação. Fique atento às seguintes recomendações:

Dicas para nadar ou mergulhar

Quando for nadar ou mergulhar, retire as lentes de contato. Assim, você passa longe de complicações mais graves, como as causadas pela acanthamoeba, protozoário que causa infecção ocular.

Dicas para a viagem de férias e para todos os dias

● Mantenha o local onde você manipula as lentes constantemente higienizado;

● Evite coçar os olhos ou tocar nas lentes de contato sem higienizar previamente as mãos;

● Nunca durma com as lentes de contato e não use lentes por períodos prolongados, além do recomendado pelo seu oftalmologista;

● Evite entrar no chuveiro com as lentes de contato;

● Não se esqueça de levar o kit completo de higienização das lentes para a sua viagem.

Esqueceu de tirar as lentes de contato antes do mergulho?

Ainda que você conheça as recomendações e procure seguir à risca, imprevistos e esquecimentos acontecem. Se você nadar ou mergulhar com lentes de contato e sentir sintomas como ardência, incômodo, vermelhidão, inchaço ou coceira nos olhos, retire  imediatamente as lentes, faça compressas com água gelada e procure a orientação de um oftalmologista.

Fique atento em praias frequentadas por animais domésticos

A atenção com os olhos deve ser redobrada ao visitar praias frequentadas por cães e gatos, especialmente filhotes, que podem transmitir pelas fezes uma doença chamada toxocaríase.

O problema pode afetar os olhos e provocar uveíte, ou seja, inflamação intraocular que apresenta sintomas muito similares ao da conjuntivite. Recomenda-se que você faça uma consulta com um oftalmologista se sentir irritação, vermelhidão, inchaço e/ou coceira.

Não dispense o uso dos óculos de sol

Muito mais do que um acessório de moda, os óculos de sol são aliados da saúde da visão. Eles protegem os olhos de queimaduras, que podem resultar em inflamação e degeneração ocular como a catarata.

A exposição dos olhos aos raios ultravioleta sem proteção agride a córnea e pode provocar uma inflamação denominada ceratite. Quando não tratada adequadamente, a doença pode causar lesão grave, provocar a diminuição da capacidade visual e até mesmo a perda da visão.

Além disso, a exposição aos raios UV, sem a devida proteção, aumenta o risco do surgimento de problemas como a  catarata, doença responsável por metade dos casos de cegueira mundial. A catarata é uma degeneração ocular caracterizada pelo acúmulo desordenado de proteínas no cristalino dos olhos, deixando-o opaco.

A recomendação para o uso dos óculos de sol vale para quem usa óculos de grau e inclusive para quem faz uso de lentes de contato, já que, mesmo aquelas que contam com proteção contra os raios ultravioleta, não alcançam a conjuntiva (a parte branca do globo ocular) ou a pele ao redor dos olhos. Por esse motivo, não abra mão dos óculos de sol nas férias de verão!

Cuidado para não deixar cair protetor solar ou repelente nos olhos

Muito cuidado também ao aplicar o repelente ou o protetor solar. O ideal é que você use produtos específicos e indicados para o rosto. Ainda assim, proteja os olhos do contato direto com esses produtos. Muito cuidado também com areia, inseticidas e poeira. Se alguma dessas substâncias cair acidentalmente nos olhos, lave com bastante água corrente.

Como você pode ver, tomando os devidos cuidados na praia e na piscina, é possível aproveitar o verão com tranquilidade e manter os olhos protegidos de qualquer problema.

Se você ficou com alguma dúvida ou quer saber mais sobre visão saudável, criamos uma equipe especializada para auxiliar você sobre os melhores tratamentos para os distúrbios e os problemas da visão.  Marque  agora mesmo uma consulta. Aproveite as férias de verão e cuide da saúde dos seus olhos!

Está com alguma dúvida? Envie sua pergunta para que possamos te ajudar.

Leia também

  • Cuidados
    Câncer de próstata e câncer nos olhos: qual a relação?
    Você sabia que o câncer de próstata pode causar metástase ocular? Entenda e tire suas dúvidas sobre o câncer nos olhos.
    saiba mais
  • Cuidados
    Saúde ocular da mulher: o que você precisa saber
    Em meio a um turbilhão de eventos que acontecem no corpo feminino, a visão sempre merece o seu destaque.
    saiba mais
  • Cuidados
    Hipertensão e retinopatia hipertensiva: o que é e como tratar
    A hipertensão pode causar sérios danos a sua Retina. Por isso deve-se sempre controlar a pressão arterial e fazer consultas regulares com o seu médico. Saiba mais nesse artigo. 
    saiba mais

Quer receber mais conteúdo? Assine!

Marque sua consulta!